sábado, 1 de abril de 2017

E no final quase todos ficaram satisfeitos

Confesso que ainda não consegui perceber como é que uma equipa como o FC Porto, que a partir de hoje, se não ganhasse na Luz, já não dependia dela própria, fica contente com este empate na Luz?!...

Eu, sinceramente, estava esperando o contrário, um Benfica em contenção e um FC Porto a querer passar para a frente do campeonato.

É que isto de esperar que os outros façam o serviço por eles (Sporting) quando ainda há deslocações aos terrenos de Braga, Chaves e Marítimo, 'deveras' complicadas é de mentalidade pequenina.

E mentalidade pequenina, porquê?
(nem vou comentar a ausência de André Silva dos titulares)...

É que apesar do Benfica ter começado melhor o jogo, quando o FC Porto hoje acelerou um bocadinho, o Benfica tremeu!,...enfim...faltou ambição a este FC Porto, o Benfica percebeu e partiu para um 'jogão' que merecia ter ganho, tal foi a quantidade de oportunidades desperdiçadas e outras que Casillas conseguiu impedir com todo o mérito!
Foi um Benfica tranquilo à procura da vitória, contra um grande, como nunca tinha visto desde que Rui Vitória chegou à Luz.

Mas é a tal 'coisa', para se ganhar é necessário marcar mais golos que o adversário. Benfica e FC Porto apenas marcaram um golo cada um num jogo bem disputado.

Só o antigo capitão do FC Porto, João Pinto, demonstrou o que era a garra e crença do FC Porto de outros tempos, quando no final do jogo demonstrou toda a sua amargura com este resultado no estádio da Luz.

Pelo andar da 'carruagem', o Benfica vai mesmo conseguir o tetra, acho eu!


Sem comentários: