segunda-feira, 3 de abril de 2017

Agressão a árbitro não deu prisão

Marco Gonçalves, o jogador do Canelas que agrediu ontem com uma joelhada o árbitro do Rio Tinto -Canelas, saiu do tribunal como arguido e sujeito à medida de coação de Termo de Indentidade e Residência, a mais leve prevista na lei.
 
Vamos aguardar pelo desenrolar dos acontecimentos, mas num país decente ficaria irradiado do futebol e proibido de entrar em recintos desportivos, e era para ser uma pena leve.



 

Sem comentários: