sexta-feira, 17 de março de 2017

Sporting tem de aprender com o FC Porto

Estava para aqui a pensar com os meu botões que esta luta a dois pelo título de campeão nacional está calma (ainda, até poderá aquecer) entre águias e dragões.

Nada semelhante com o que se passou na época passada e no início desta. Claro que há sempre as 'picardias' do costume, há a chamada 'guerrilha da comunicação', mas nada parecido com a 'berraria' que parecia ter vindo para ficar.

E, se levarmos em linha de conta o assunto das arbitragens, em que muitos se gostam de refugiar, é só ver com olhos de ver que o FC Porto tem sido a equipa mais prejudicada por erros de arbitragem.
No final do campeonato,  os erros dos árbitros (são humanos, tal como os jogadores e treinadores que também erram) estarão equilibrados entre os grandes, o mesmo já não se poderá dizer dos 'ditos clubes mais pequenos.'

Perceberam que não era por aí, erros sempre houve e continuarão a existir. Serão sempre postos de parte se procurarem corrigir os erros procurando um futebol que proporcione golos!, o tempero do futebol.

Foi o que FC Porto fez, reforçou-se e bem no ataque (Soares), oleou a máquina em termos defensivos e aí estão eles. Praticamente calados, já sem as 'asneiras' do costume com invenções à Lopetegui, o FC Porto continua a 'morder os calcanhares' ao tri campeão.



2 comentários:

Fruta e Chocolate disse...

"é só ver com olhos de ver que o FC Porto tem sido a equipa mais prejudicada por erros de arbitragem." - mas isto é para rir? Simples desinformação? Ou o autor não percebe absolutamente nada de futebol?!?
O fcp é o clube que tem mais minutos em superioridade numérica (quase 300), fruto de 9 (sim, NOVE!) expulsões, 4 delas ainda antes do intervalo. O Benfica tem zero (sim, ZERO).
O fcp tem 6 penalties marcados a seu favor (o dobro dos penalties a favor do Tricampeão).
O fcp tem 8 minutos jogados em inferioridade numérica (contra 50 do SLB).
E até parece que para o autor desta publicação não houve uma invasão ao centro de treinos de árbitros por parte de adeptos do fcp. Ou então acha uma coisa banal e sem influência. Assim como deve achar normal esta jornada ser o nono árbitro da AF Porto a apitar o fcp (8 da mesma associação para jogos do SLB), sabendo como todos sabemos (ou devíamos) que estes árbitros são conhecidos pelos elementos da claque do fcp. E quando digo conhecidos digo que eles sabem as moradas, os locais de trabalho (esposas inclusive), escola dos filhos, etc.
É preciso ser sério para que levem a sério aquilo que escreve... Acompanho este blogue há muitos anos, e tenho como certeza a paixão do autor por este desporto. Como tal não compreendo que se fale dum clube como o fcp que faz de tudo para destruir a verdade desportiva e para ganhar jogos fora de campo como se fala de outro clube qualquer.

César João disse...

Caro Fruta e Chocolate,

se assim é, sabe perfeitamente que eu só me refiro a erros de arbitragens com influência directa no resultado. Não é um penalty que não é assinalado numa primeira parte que tem influência, por exemplo. Erros desses vão continuar a existir.
Essas situações que fala, já as comentei aqui e não concordo com essas pressões, ate afirmei que esperava que isto não voltasse ao passado.
Pressões todos fazem, uns de uma maneira, outros de outra. Está mal qualquer uma delas.