segunda-feira, 27 de fevereiro de 2017

Fez faísca no Bessa

Não foi boa a actuação de Fábio Veríssimo, ontem, no Bessa.



Parece que pegou de moda as entradas assassinas por trás dos laterais esquerdos, Alex Telles na quarta-feira e Talocha, ontem. Ambas deveriam ter sido punidas com cartão vermelho no mesmo instante, mas é a tal coisa - os árbitros assistentes parece que estão dormindo na forma. Estes dois lances a que me refiro são pertíssimos do árbitro assistente e do 4º árbitro. Nem os estrangeiros nem os portugueses conseguiram 'ver'...
 
Também pegou de moda os cruzamentos para a área, os 'abraços' e as quedas.
 
Uns aguentam-se de pé, outros caiem. Vai do critério dos árbitros e quase sempre favorecendo os grandes - Soares e Mitroglou não tem muitas razões de queixa.
 
Enfim...jogo quizilento, com períodos de bom futebol e com os portistas com mais razões de queixa dos homens do apito.
 
Ainda bem que conseguiram os três pontos, se assim não tivesse acontecido estava o diabo nas couves.
 
A arbitragem portuguesa atravessa um mau momento, a qualidade ainda não está ao nível de outros tempos e esta malta necessita de crescer. Uma coisa é certa, a maior parte dos erros são erros de televisão, algo que os árbitros não tem para decidir, mas 'nós' temos para lhes atirar com todas as pedras que temos na mão.


Sem comentários: