segunda-feira, 20 de outubro de 2014

«O convite a Luís Duque é uma afronta ao Sporting»



António Boronha (Em exclusivo para a Cortina Verde)

«O convite a Luís Duque é uma afronta ao Sporting»

A notícia lida há pouco no 'Público' de que Luís Duque é a escolha dos clubes para presidir à Liga que organiza o futebol profissional português não só me espanta como me envergonha. Para além de ser uma afronta clara ao Sporting - já tentada com o convite a Godinho Lopes - revela o que há de pior no dirigismo nacional: uma aliança contra natura entre Pinto da Costa e Luís Filipe Vieira, os mandantes, com um serventuário ao serviço dos seus interesses. É óbvio que isto, esta 'aliança', não só vai acabar mal como vai durar pouco tempo. Ninguém serve a dois amos em simultâneo mesmo que no caso o serventuário seja um contorcionista de reconhecida capacidade.
 
Enfim, ir buscar para um cargo de topo no futebol luso uma personalidade que nunca revelou nada como dirigente a não ser mostrar-se um exímio gastador dos dinheiros do seu clube e um "trampolineiro" em matéria de cumprimento das regras fiscais não me surpreende. Só me envergonha. Para juntar um duque a uma cena triste basta, agora, convidarem o Fernando Seara para presidir à Assembleia Geral da Liga.

Por António Boronha (Ex: Vice-Presidente da FPF)
através  da página do facebook - Cortina Verde

4 comentários:

Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Saci Pererê disse...

Já o Mário Figueiredo apoiado pelo Sporting não fez nenhuma afronta ao FC Porto, não, é tudo imaginação nossa. Este Boronha nunca enganou, aliás eu conheci o César no seu blog e o homem até pode ter algumas coisas que não falha, mas há uma que não consegue esconder e é a imparcialidade quando fala de interesses do seu Sporting.

César João disse...

Saci,

e era um blogue interessante!

Abraço.